Nós recomendamos:

 Comece agora mesmo, é fácil!

Review – Squarespace

O Squarespace foi fundado em 2003 por Anthony Casalena com o objetivo de ser um “faz tudo”, construindo e publicando sites. O criador da plataforma decidiu que, após se decepcionar com outros construtores de sites, era a hora de lançar o seu próprio. Então, ele investiu $30.000 de seu pai e desenvolveu a mais estilosa, funcional e desejada plataforma para construção de sites, o Squarespace. Em Abril de 2014 foi anunciado que o Squarespace arrecadou $40 bilhões com investimentos do tipo B, que irão proporcionar grandes melhorias na plataforma.

#1 Facilidade de uso

Francamente, o Squarespace pode ser um pouco complicado no início. Seu painel de controle poderia ser mais simples, como os oferecidos pelo Wix e Weebly. Existem muitos botões no painel de ferramentas que poderiam ser agrupados em categorias para proporcionar uma navegação mais amigável. Por outro lado, esta é uma consideração pessoal, e tenho certeza que muitos usuários irão achar o editor do Squarespace muito prático.

#2 Recursos e Flexibilidade

O Squarespace oferece um conjunto de recursos legais, com destaque para o Gerenciamento de múltiplos usuários e suas permissões (Multiple Contributors), eCommerce e ferramentas de importar/exportar, que possibilitam o transporte de blogs. Não há risco de perder todo o seu trabalho, pois caso você decida cancelar sua assinatura no serviço, existe a opção de mover seu blog para outras plataformas. Além disso, o Squarespace pode importar blogs WordPress, Tumblr, Blogger, Etsy, etc. Para saber mais sobre soluções de importar/exportar/integrar, leia este post (em inglês).

A plataforma também disponibiliza ferramentas avançadas para melhorias em resultados de sites de busca, que incluem: URLs customizadas para subpáginas, descrição META Description, títulos de páginas editáveis e até redirecionamento 301.

Usuários do Squarespace podem usufruir dos aplicativos para iOS, onde podem criar/editar posts, criar notas e monitorar seus sites facilmente. Os aplicativos são: Blog, Metrics, Portfolio e Note.

#3 Design

Com certeza o nível de Design é um de seus pontos fortes. Os temas oferecidos são muito bonitos, atuais e realmente aparentam ter sido feitos por verdadeiros profissionais. Com um pouco de personalização você criará sites de muito destaque utilizando os templates do Squarespace. Confira o brilhante comercial de TV lançado pela empresa.

#4 Atendimento ao consumidor

O suporte por email funciona 24h, sete dias por semana, e nos dias de semana o Chat Online opera das 12h às 20h (horário de Brasília). Além do mais, há uma impressionante base de conhecimento (vídeo tutoriais e workshops) e uma seção de perguntas e respostas feitas pela comunidade. Lembrando que, como não há uma versão da plataforma para o Brasil, toda a comunicação deve ser feita em inglês.

#5 Desvantagens

Mesmo sendo uma das plataformas mais sofisticadas e minimalistas, o painel ferramentas pode deixar o usuário um pouco confuso, levando algum tempo até que ele se acostume. Outro ponto fraco do Squarespace é que não existem pacotes grátis do serviço, apenas uma versão trial que pode ser utilizada por 14 dias(não é preciso fornecer dados do cartão de crédito). Caso o usuário queira continuar utilizando o serviço após o período de teste, terá que pagar.

Os preços são um pouco acima da média em relação à concorrência. Planos de assinatura vão de $10/mês ($8/mês para assinaturas anuais) até $30/mês ($24/mês para assinaturas anuais). Apesar disso, vale lembrar que o Squarespace não exibe propagandas ou direitos autorais em suas páginas. O logotipo da plataforma é exibido apenas se o usuário quiser.

Conclusão

Por um lado, a plataforma impressiona pelo seu visual e recursos excelentes, por outro, sua taxa de assinatura é mais cara que de seus concorrentes. Se você é um artista independente e quer oferecer um site de destaque com ótimo visual aos seus visitantes, e não está preocupado com quanto vai gastar, o Squarespace pode servi-lo com louvor. Vale a pena conferir a galeria de sites de amostra do Squarespace (em inglês).

Competidores

Não há como negar que o Squarespace firmou seu espaço entre os de construtores de sites, e baseando-se nos números, continua a crescer. Ainda que seja uma plataforma orientada a operações visuais como drag-and-drop/WYSIWYG, muitos a comparam com o WordPress(que requer conhecimento de programação e hospedagem).

Ao meu ver, os principais competidores do Squarespace são o Wix e o Weebly, pois contam com ferramentas mais amigáveis e planos completamente gratuitos por tempo ilimitado. É claro que o Squarespace também tem suas vantagens e vence em outros quesitos, que podem ser vistos em outras comparações (Squarespace vs Wix e Squarespace vs Weebly, ambos em inglês).

Comments are closed.