Nós recomendamos:

 Comece agora mesmo, é fácil!

Squarespace x WordPress

Squarespace-x-Wordpress

A luta entre o Squarespace vs WordPress é uma tarefa árdua. Por quê? Primeiro, os dois serviços têm uma ótima reputação e milhões de usuários ativos. Segundo, porque o Squarespace é um construtor de sites convencional, enquanto o WordPress é uma plataforma de código aberto. É como comparar dois lutadores de classes de peso diferentes. Apesar disso, é bem provável que um dia você vai se perguntar qual desses dois serviços deve usar em seu próximo projeto. Qual escolher? Leia este comparativo e saiba quais os prós e contras do WordPress e Squarespace.

Os seguintes critérios serão analisados nesta comparação:

  • Facilidade de uso
  • Recursos e flexibilidade
  • Layouts disponíveis
  • Suporte ao usuário
  • Política de preços

#1 Facilidade de uso

Squarespace: É óbvio que é mais fácil usar um construtor de sites do que o WP(que é uma plataforma de código aberto). Assim como a maioria dos construtores, o Squarespace isenta seus clientes do trabalho árduo que é programar. Seu editor combina princípios práticos de WYSIWYG e drag-and-drop, se tornando tão simples que até uma criança consegue usá-lo. Se fossemos falar apenas de facilidade de uso, é claro que o Squarespace ganharia a batalha, entretanto comparado à outros construtores de sites, seu gerenciador de conteúdo deixa a desejar.

WordPress: No WordPress não há funções no estilo WYSIWYG e drag-and-drop (embora este último possa ser usado ao manusear widgets). Você não pode conferir o visual da sua página na hora – para isso precisa clicar em Preview, o que ao meu ver, não é um grande incômodo. A grande desvantagem no WP é a dificuldade de fazer alguns tipos de ajustes, como editar imagens e manipulá-las utilizando plug-ins adicionais. Enquanto no Squarespace é possível adicionar, modificar e deletar um widget em minutos, no WP você pode gastar horas fazendo isso.

WYSIWYG e drag-and-drop

Squarespace x WordPress: O Squarespace vence com louvor, já que seu público alvo são aqueles com menos experiência.

#2 Recursos e Flexibilidade

Squarespace: Oferece tudo que você precisa para construir um site avançado e permite um bom nível de customização, mas as funcionalidades do seu site serão limitadas pelas ferramentas padrão do serviço, dificultando a implementação de recursos próprios. Claro, há um lado positivo nessa história: todos os widgets/gadgets são testados antes de serem liberados aos usuários, enquanto encontramos plug-ins do WP com bugs ou baixa performance com frequência.

Recursos e Flexibilidade

WordPress: Por ser uma ferramenta open-source, todos podem customizar seu código. Isso proporciona total liberdade de criação, garantindo à plataforma uma quantidade gigantesca de plug-ins para as mais diversas funções. Infelizmente, isso também resulta em muitos plug-ins, templates e ferramentas de qualidade mediana.

Squarespace x WordPress: O WP é mais flexível por deixar que os usuários criem e(ou) adicionem qualquer elemento que quiserem para expandir as funcionalidades de seus sites. No Squarespace você fica limitado ao que lhe é fornecido, mas isso não deve incomodá-lo se você não tem muita experiência na área.

#3 Designs

Squarespace: Esta plataforma oferece ótimos temas que são, sem dúvidas, muito bonitos, mas poderia aumentar sua lista atual (nesta data, são 20 temas disponíveis). Contudo, todos os temas são totalmente personalizáveis com a ajuda do seu revolucionário LayoutEngine.

WordPress: Existe uma quantidade enorme de temas pagos e grátis para o WP, mas talvez leve algum tempo até que você aprenda a customizá-los.

Squarespace x WordPress: Com os temas do Squarespace você não precisa instalar nada, apenas clique no tema que gostar e comece a criar seu site. Por outro lado, o WP permite mais personalização e possui mais temas e templates.

#4 Suporte ao usuário

Squarespace: A equipe do Squarespace promete responder às dúvidas dos usuários dentro de 1 hora por e-mail, e também disponibilizam o chat em tempo real, o fórum da comunidade e vários vídeos explicativos.

Suporte ao usuário

WordPress: Há centenas de tutoriais em vídeo, fóruns de discussão e outros recursos disponíveis que ajudam a sanar as dúvidas dos usuários e guiá-los durante a construção e manutenção de seus sites.

Squarespace x WordPress: Devido a quantidade gigantesca de informações que encontramos sobre o WP, pode ser um pouco trabalhoso encontrar soluções para casos específicos. No Squarespace o suporte ao usuário é mais organizado, sendo que o principal motivo disto é o número menor de usuários.

#5 Política de preços

Squarespace: Não há um plano gratuito no Squarespace, apenas um modo grátis de 14 dias. A empresa oferece três planos: Standard ($8-$10/mês), Unlimited ($16-$20/mês) e Business ($24-$30/mês). Os valores mais baixos nas mensalidades remetem às assinaturas dos planos anuais, enquanto os valores mais altos são cobrados por mês. É importante citar que todos os planos oferecem domínio próprio e hospedagem gratuita.

WordPress: É totalmente gratuito, entretanto, você terá que arcar com despesas de domínio e hospedagem. Além do mais, você pode ter despesas extras com temas e plug-ins pagos. Caso você não tenha experiência na área, talvez precise contratar um desenvolvedor (pelo menos no início).

Política de preços

Squarespace x WordPress: Na verdade não há muita diferença entre os valores. É claro que o WP permite que você gaste um pouco menos, mas isso varia de acordo com sua experiência e suas necessidades.

Conclusão

Escolher uma plataforma de desenvolvimento é uma questão muito delicada e particular. Depende do seu nível de conhecimento e experiência. Se você é um profissional na área, vai gostar da flexibilidade do WordPress, enquanto os novatos o acharão muito complicado. Note que para esta análise foi utilizado o serviço prestado pela empresa WordPress(WordPress.org), e não o site WordPress.com, que é um prestador de serviços que funciona sob a plataforma.

Para aqueles que vão construir um site pela primeira vez, eu recomendo usar algum dos melhores construtores de sites em nosso Top ao invés de uma plataforma de código aberto. Construtores de sites são definitivamente mais fáceis de usar, fazendo com que você deixe a parte técnica de lado e se concentre apenas na qualidade do seu conteúdo.

Comments are closed.